Subscribe:

Penitênciaria: a escola do crime

Vive-se numa sociedade que não admite erros, diante disso, jogam-se pessoas em prisões que são verdadeiras escolas criminais,e ao sair o ex-presidiário fique a merce da sorte, podendo assim voltar a cometer crimes iguais ou piores do que cometiam antes da tentativa de reeducação.
Através de métodos de repressão como os presídios, procura-se recuperar pessoas para pô-las viver em harmonia com as normas da sociedade, mas ao adentrarem nesses recintos recebem uma aula de crime, pelo qual aprende táticas e métodos cruéis, além disso, esses ambientes estão lotados, dificultando assim a vida prisional.
Mas, mesmo depois de sair "recuperados" dessas unidades prisionais, o ex-presidiário, não consegue entrar para o mundo do trabalho, vivendo novamente uma imensa luta contra a sociedade,podendo assim voltar a cometer crimes e cair nesse mundo obscuro da ilegalidade.
Portanto, deve-se repensar um novo método de reeducação que dê suporte também após a saída do presídio, pois além do existente ser ultrapassado, ele não oferece nenhuma chance para pós- presidio.

0 comentários: