Subscribe:

A dor de um sonhador


No silêncio da noite
Estrelas a brilhar

A lua se desfazendo
As montanhas num escuro incomensurável.

As mariposas insistem a voar
Os passarinhos  parecem conversar ainda como se dando boa noite
Uma coruja distante guincha
Os grilos brincam no escuro
E um olhar olha o nada
Lembrando-se de momentos de saudade
Lembrando-se de uma vida agora passado
Um olhar que deixa correr lágrimas
Clara prova de uma lembrança linda e amorosa

Dói só de ver a cena
Como pode alguém sofrer assim?
Coração parece gemer, parar
Os olhos parecem não ver nada e ver tudo
Ver pessoas que se foram
Ver amores
Ver maninhas e maninhos
Ver sonhos antigos
Ver o horizonte ao longe
Ver o luar com um rosto
Ver as estrelas caindo
Ver a mata e os passarinhos
Mas de que vale a lembrança se não se pode tocar?
De que vale o amor se ele está longe?
De que vale o horizonte se ele nunca se deixa aproximar
De que vale a vida se coa morte ela se vai?
Mas o jovem continua lá
Continua sonhando
Continua amando
Continua chorando
Quem sabe esperando que um dia tudo o que está longe se aproxime
Tudo o que era lembrança torne a ser realidade
E que seu coração acalme.


Fonte da Imagem: http://sinfoniaeletras.blogspot.com/2011/09/seus-cabelos-estao-soltos-e-voce-ainda.html

O que é o amor?

Algo tão sério que não é brincadeira
Algo tão bonito que não nos cansamos de olhar
Algo tão engraçado que quando o temos não paramos rir
Algo tão quente que parece queimar tudo
Algo tão, tão, tão...

Extremos que parecem jamais se todar

Amor é dor, alegria, saudade, tristeza, carinho, amor, amor...

Amor é, amor não, amor é e não é....

a Incerteza do Coração

Olhando ao longe, num horizonte distante
No olhar de um sonhador
No amor de um apaixonado
No medo do futuro
No medo da perda
Na esperança do passado
Na incerteza do presente
Na vinda do futuro

Algo parece emergir no silêncio da mais linda noite
Um sonho novo
Um sonho de vida e amor
Um sonho de um sonhador
Algo que emerge e que indica o novo surgindo.